Concurso de Marchinhas e Zoeiras Carnavalescas 2014

AS CINCO MÚSICAS FINALISTAS

MARCHA DA APELAÇÃO BOTÃONICA
Hélio Leites

Clique aqui para ouvir a música

Morena eu quero, quero, quero, quero seu botão
Morena eu quero, quero, quero, quero seu botão
Pra entrar na minha casa e abotoar meu coração
Pra entrar na minha casa e abotoar meu coração
De lero-lero a morena deu o fora
e eu fiquei no quero, quero, quero, quero, quero agora
De lero-lero a morena deu o fora
e eu fiquei no quero, quero, quero, quero, quero agora

É SHOPPING EM TUDO
Rosele Paschoalick, Itaercio Rocha e Lívia Evangelista

Clique aqui para ouvir a música

A sociedade de consumo acabou com o mercado popular
Chego em Curitiba é só shopping em todo lugar
Essa modernidade acabou com o seu Oscar
Vendia cuscuz na rua e agora não tem mais lugar

É shopping em tudo
É shopping em tudo
É shopping em tudo quanto é lugar

Morava bem sossegado em um bairro popular
Tinha um grande terreno que estava para alugar
Quando menos esperava apareceu um shopping por lá
Lá que eu jogava bola e agora não tem mais lugar

ENLATADO NO BUSÃO
Igor de Sá

Clique aqui para ouvir a música

Que alegria
Que emoção
Fui enlatado dentro do busão (2x)

Aperta um pouco, que nem sardinha
Libera o banco, deixa a velinha

De pé, sem se segurar…
Na curva essa p* vai virar!

Eu vou saltar na porta 4,
Só pra fugir desse cheiro de sovaco!

Porta fechando, não consegui sair!
E a passagem não para de subir!

Que alegria
Que emoção
Fui enlatado dentro do busão (2x)

HOJE É DIA DE SONHAR
Ademir Guimarães (in memoriam), Vitória Salles

Clique aqui para ouvir a música

Quando o surdo faz tum,
O meu coração faz o bum,
marcando o compasso…

Meu corpo logo estremece
o meu sorriso aparece,
já é carnaval…

Venha, entre em minha folia,
e me faz companhia,
eu só quero brincar…

Porque o carnaval são só 3 dias,
vem pro bloco da alegria,
vem comigo, vem pular…

Ponha logo a sua fantasia,
esbarre nessa magia,
hoje é dia de sonhar.

Mas quando…

COMPUTAFUNK
Cauê Menandro, Renata da Paz e Heidi Peters

Clique aqui para ouvir a música

CONTROL ALT TAB DEL
CONTROL CONTROL ALT DEL
CONTROL ALT TAB DEL
CONTROL CONTROL ALT DEL

NUM LOCK CAPS LOCK
INSERT E DELETE
NUM LOCK CAPS LOCK
INSERT E DELETE

SHIFT SHIF SHIF SHIF SHIFT
@ SHIFT
SHIFT SHIF SHIF SHIF SHIFT
@ SHIFT

F1 F2 F3 F4 F5 F6
BARRA DE ESPAÇO
F7 F8 F9 F10 F11 F12
BARRA DE ESPAÇO

GOSTEI CONTROL C
COPIEI CONTROL V
GOSTEI CONTROL C
COPIEI CONTROL V

ESC  ENTER
ESC ESC ENTER
ESC  ENTER
ESC ESC ENTER

CONTROL Z CONTROL Z
CONTROL Z CONTROL Z
CONTROL Z CONTROL Z
CONTROL Z CONTROL Z

DEMAIS CONCORRENTES

MOFASCOMAPOMBANABALAIA
Amanda Souza, Bruna Kurth, Poli Graf

Clique aqui para ouvir a música

Mofascomapombana Balaia
Mofascomapombana  Banofee
Mofascomapombana  Cataia
Mofascomapomba Online e Off

Mofascomapomba lá no largo
Mofascomapomba  Reitoria
Mofascomapomba lá no alto
Mofascomapomba nas Guria

Olê Olê, Curitibano eu sou, Curitibano eu sou
Mas não me dê Bom dia no elevador (2X)

Vou na Trajano pra curtir a boemia
ir só depois lá no Empada com Birita

Pegar as mina de topete e dar um giro
que no nosso carnaval
o nosso dia não termina

Pegar as mina de topete e dar um giro
que no nosso carnaval
o nosso dia não termina

Mofascomapombana Balaia
Mofascomapombana  Banofee
Mofascomapombana  Cataia
Mofascomapomba  Online e Off

Mofascomapomba lá no largo
Mofascomapomba  Reitoria
Mofascomapomba lá no alto
Mofascomapomba nas guria

CALÇADAS DE GRANITO
Marcelo Pereira

Clique aqui para ouvir a música

Pra que tanto agito e faniquito,
calçadas de granito, calçadas de granito.

O salto alto fica mais bonito nas
calçadas de granito, calçadas de granito.

Não tem sujeira e não tem atrito,
calçadas de granito, calçadas de granito.

Mistura barreado com burrito,
calçadas de granito, calçadas de granito.

Um beijo sabor pierógui
Orelhas iguais ao Van Gogh
Dançando na calçada sou feliz
Não é bloco de granito é Garibaldis e Sacis

REVEILLON FORA DE ÉPOCA
Marcelo Pereira

Clique aqui para ouvir a música

Reveillon fora de época
Nossa vida é mesmo épica
Preocupados com a estética
Só brindamos com champagne dietética

MARCHINHA DA FILA
Marcelo Pereira

Clique aqui para ouvir a música

Olha lá
Tem fila ali
Pra gostar de fila assim eu nunca vi
Fila no parque, no cinema, no elevador…

Cuidado a fila anda meu amor
Fila no parque, no cinema, no elevador…
Cuidado a fila anda meu amor

Olha lá
Tem fila ali
Pra gostar de fila assim eu nunca vi
Porém na estação tubo a fila não funciona
Passou pela catraca vira zona

BOLSA DA CURITIBANA
Marcelo Pereira

Clique aqui para ouvir a música

O que é que tem
O que é que tem
O que é que tem na bolsa da curitibana

O que é que tem
O que é que tem
O que é que tem na bolsa da curitibana

Tem guarda-chuva e um óculos de sol
Desodorante, um chapéu, um cachecol
Uma galocha, uma regata, uma maçã.

Um bronzeador cinquenta e um par de meias de lã
Um chimarrão de abacaxi com hortelã
Pra ganhar muito curtir no facebook e no instagram

ANOS 90
Rodrigo Mendes

Clique aqui para ouvir a música

Capeta de Guri, Piá do djanho
Anos 90 me marcou com amor estranho

No Oh le lê da Xuxa
O rá iê ié Malandro
Bruxa do 71
Sassaricando

No desespero da porta da esperança
com os trapalhões e o fofão
eu fui criança

Capeta de Guri, Piá do djanho
Anos 90 me marcou com amor estranho

Programação do Casseta
Rede Manchete e Gazeta
com cavaleiros
e o capitão planeta

Maria do Bairro, a próxima vítima
aqui agora
realidade legítima

Capeta de Guri, Piá do djanho
Anos 90 me marcou com amor estranho

O Chopi Centis do Dinho
O Tchan da Loira ou Morena
E a ciência do Chico
em nossa antena

Domingo, campeão da banalidade
com a banheira
que era só felicidade

Umba, Umba, Umba Hey (x7)

CHORA, PATRÃO!
Vinicius Nagem e Antônio Alcântara

Clique aqui para ouvir a música

O patrão veio reclamar
Deste jeito o país vai parar
Vi na folhinha e fiquei contente (BIS)
dois mil e quatorze tá bom pra gente

Copa do Mundo, depois é eleição
E pelo meio, feriado de montão
como é que posso querer trabalhar?
se o calendário resolveu ajudar

Se o ano só começa,
Depois do carnaval
Desta vez o início
é no Natal (BIS)

QUE FEIO!
Jean Garfunkel e Paulo Garfunkel
Movimento “Salvemos o Bosque Gomm” 

Clique aqui para ouvir a música

Querem construir um shopping
Destruir o nosso bosque
No lugar das grandes árvores
Fast food e automóveis
No lugar dos passarinhos
Peruas se pavoneiam
Num consumismo mesquinho
Os fins justificam os meios

Que feio!
Que feio!

Ninguém vai acabar
Com o que a natureza
Nos deu de bom
Estamos aqui pra cantar e lutar
Não deixem destruir
O bosque Gomm

QUEM AMA O BÊBADO BONITA LHE PARECE
Cauê Menandro, Jerônimo Madureira e Bruno Pesserl

Clique aqui para ouvir a música

Eu gosto de você
Mas também gosto de beber
A diferença, amor
Veja:
É que a cerveja
Não me pede pra eu largar você

Chega de hipocrisia
Que hoje é dia
De brincar o carnaval
Ora veja que a cerveja
Não te inveja, meu amor

Ela sem você
É tão sozinha
Você, sem ela
É tão feinha

E o Largo dá a ordem:
Não largue do copo
É a lei, larga do meu pé
Larga disso lagartixa
Nunca vira jacaré

EU TO NA RUA
Fernando Ott

Clique aqui para ouvir a música

Se fizer sol em Curitiba eu vou pra rua
Mas se chover
Coisa Nenhuma
E sol no pré-carnaval eu vou tá na rua
Mas se chover
Eu To Na Rua
Eu To No Largo
To me largando em quem me quiser
Eu To Na Rua
Eu To No Largo
Eu to largado pro que der e vier

Eu levo óculos escuro e guarda-chuva
Eu To Na Rua, Eu To Na Rua
Levo uma bermuda, regata e outra blusa
Eu To Na Rua, Eu To Na Rua
Eu To Na Rua
Eu To No Largo
To me largando em quem me quiser

Eu To Na Rua
Eu To No Largo
Eu to largado pro que der e vier
Eu to largado pro que der e vier
To me largando em quem me quiser
Eu To Na Rua

AGORA É QUE SÃO ELAS
As animadas: Ana Cláudia Decker, Ana Maria, Anaterra Viana, Marcela Zanette, Norma Müller

Clique aqui para ouvir a música

Andam dizendo por aí
Que a mulherada tá de arrasar.
Se eles podem pegar todas,
Elas também querem dar,
Querem gozar!

Acordei co’m homem do lado
Ele queria casar,
Me deu um anel de compromisso.
Eu disse: – O que que é isso?
E dei-lhe um chá de sumiço!

Tchau, tchau, tchau, tô indo viajar!
Vou conhecer outras línguas,
Não se incomode, não é nada com você.
Vamos ser só bons amigos,
Dia desses, quem sabe eu te ligo.

Refrão…

É homarada,
prepara a garrafada, a catuaba, o amendoim,
Deixa o romance de lado!
– isso é coisa do passado!
Cai ne mim e cai pelado!

É isso mesmo, homarada,
prepara a gemada, o amendoim, a catuaba!
Agora é que são elas!
– Chupa que é ostra!
Que as vagina tão tudo animada!
Que as vagina tão tudo animada!
Que as vagina tão tudo animada!

ME “BÉIJE”
Leandro Leal

Clique aqui para ouvir a música

Será que hoje tem café no bule?
Me bule, me bule.

Vou te pegar, meu bem, não se acostume.
Acostume, vai, acostume.

Se eu mostrar o meu biquinho, você “me béije”?
“me béije”, “me béije”.

É fácil, pode vir, você consegue.
Consegue, consegue.

Pimenta no dos outros é refresco, refresco.
Mas se precisar que alguém te abane, me chame.

MARCHINHA LITERÁRIA
Roni Valk, Bisqüi da Fatinha, Lu Lamo Lusco, Paraná, Assustado, Anjinho da Metal, Ronaldo Adriano, Santista, Pinóquio, Gafanhoto, Desireé e Odlanor Klav

Clique aqui para ouvir a música

Ela é pura literatura
Eu suo a axila
O Ariano Suassuna

E pra ser seu almanaque
Ou lavo o suvaco
Olavo Bilac!

Não vem com essa!
Eça de Queirós!
Vamos por pingo nos is
Não fui eu quem Castro Alves
Foi o Machado de Assis!

Se Manuel Bandeira
Martins Pena pra chuchu!
Se Catulo da Paixão
O Euclides da Cunha!

MARCHA DO GRINGO
Roni Valk, Bisqüi da Fatinha, Lu Lamo Lusco, Paraná, Assustado, Anjinho da Metal, Ronaldo Adriano, Santista, Pinóquio, Gafanhoto, Desireé e Odlanor Klav

Clique aqui para ouvir a música

O gringo provou nosso açaí
Achou melhor que chocolate
Se gostou desse aí
Imagina quando conhecer o mate!

Tem que ver o mate!
Tem que ver o mate!
Se me entende, por favor, me acate!
Tem que ver o mate!
Tem que ver o mate!
Se me entende, por favor, me acate!

O gringo vai se mudar pro Brasil
Mas em casa velha não mora
Mostrei uma pá de lançamento e nem deu bola
“Eu querer habitar só casa nova”

São nova, habite!
São nova, habite!
Se me entende, por favor, não me irrite!
São nova, habite!
São nova, habite!
Se me entende, por favor, não me irrite!

Tem gente que é fã de pop star
De jogador tem fã pra chuchu
O gringo só pra variar
Falou que era fã da letra U!

Fã, que u?!
Fã, que u?!
Se me entende, por favor, não dá xabu!
Fã, que u?!
Fã, que u?!
Se me entende, por favor, não dá xabu!

ACHA A CHINA
Roni Valk, Bisqüi da Fatinha, Lu Lamo Lusco, Paraná, Assustado, Anjinho da Metal, Ronaldo Adriano, Santista, Pinóquio, Gafanhoto, Desireé e Odlanor Klav

Clique aqui para ouvir a música

Celina é uma menina gente fina
Mas troca o “S” pelo “CH”
Chama sapo de chapinho, O piu-piu de pacharinho
De todo bicho Celina quer cuidar

Numa aula de Geografia
Uma tracinha de um livro saiu
A professora disparou um peteleco
Estatelou o pobre inseto

Celina gritou:
- Achachina, profechora! Achachina!
- Taí no mapa, procura, ô, menina!
- Achachina, profechora! Achachina!
- Taí no mapa, se vira, ô, Celina!

O VOVÔ E A NINFETA
Alfrânio da Rosa

Clique aqui para ouvir a música

Vovô ta namorando uma ninfeta
Não quer saber mais da vovó
Foi pular a micareta no nordeste
Tomando Guaraná em pó

A novinha só dança funk
Vai descendo ate o chão
Vovô suava bastante e teve infarto
Não aguentou a pressão

Vovô ta namorando uma ninfeta….

Vai chegando a noitinha
Novinha quer namorar
Vovô fica animadinho e vai tomando
O azul pra levantar (mata o velho)

Vovô ta namorando uma ninfeta…

Vovó já rogou uma praga
Pro Vovô não funcionar
Disse que a ninfeta gostosinha
Um berrante vai lhe dar (buuuuuuuuuuu)

POBRE QUE DAVA DÓ
Alfrânio da Rosa

Clique aqui para ouvir a música

Um dia eu era pobre
Pobre que dava dó
Mas minha sorte mudou de uma vez
Ganhei a herança da vovó

Comprei um carro importado
Mudei- me para o Batel
O vigia lá de casa é um PM
Com a patente de coronel

Um dia eu era pobre…

Ninguém me curtia
Na rede social
Tenho mais um milhão de amizades
Ser rico não e nada mal

Um dia eu era pobre…

NOSTRADAMUS SE FUDEU
Alfrânio da Rosa

Clique aqui para ouvir a música

Há tempos eu escuto em minha vida
Preparem-se, o mundo vai se acabar
Olha, vejo só o que deu
Nostradamus se fudeu
Eu vou pra rua brincar. Como e que é? (Mas, que Mané!)

O mundo só acaba pra quem sobe
Ou busca um novo lar
Se eu morrer na folia revivo no mesmo no mesmo dia
Pior não pode ficar
Se eu morrer na folia revivo no mesmo no mesmo dia
Pior não pode ficar

Há tempos eu escuto em minha vida…

Eu já avisei a galera
A turma toda do bar
Vamos estocar energia, beber e cantar  todo o dia
Vamos nos embalsamar

Regulamento do 4º Concurso de Marchinhas e Zoeiras Carnavalescas do BLOCO GARIBALDIS E SACIS

A ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E CULTURAL AMIGOS DO GARIBALDIS E SACIS promove o 4º Concurso de Marchinhas e Zoeiras Carnavalescas

DA HABILITAÇÃO

1 – Pode participar do concurso qualquer cidadã e/ou cidadão e/ou brasileira(o) e/ou não. Exigimos apenas que tenha ficha limpa construída com muita festa, boemia e carnaval do bom.

2 – Serão aceitas inscrições de “Marchinhas de Carnaval – Tradicional”, ou quaisquer “Zoeiras Carnavalescas” inéditas com temáticas absolutamente livres, podem ser inscritas polcas, afoxés, frevos, lambadas, sambas, axés, funks ou valsas e rocks, é claro!

DAS INSCRIÇÕES

1 – Prazo: 13 de janeiro a 30 de janeiro de 2014.

2 – Para efetivar a inscrição, o concorrente deve enviar arquivo com a música e as demais informações para o e-mail concursomarchinhaszoeiras2014@gmail.com até as 20 horas do dia 30 de janeiro de 2014, impreterivelmente. Se passar do horário, a gente dá um jeitinho, mas só se a música for muito boa.

O corpo do e-mail deve ter os seguintes dados:

TÍTULO DA OBRA

AUTORES

LETRA DA COMPOSIÇÃO (DE PREFERÊNCIA CIFRADA)

TELEFONE PARA CONTATO

Junto a isso, deve anexar um arquivo do áudio em MP3. Arquivo em outro formato automaticamente desclassificará a inscrição.

3 – As inscrições serão gratuitas. Os prêmios, também. Neste ano para incrementar a concorrência entre os concorrentes não teremos prêmios.

4 – Cada participante pode inscrever quantas músicas quiser uma única vez, sozinho ou em parceria. As inscrições devem ser feitas e enviadas separadamente, isto é, cada musica precisa da sua inscrição exclusiva, sacou?

5 – É permitida a participação neste concurso de integrantes da associação, não havendo nenhum favorecimento por questão de vínculo.

6 – O material enviado não será devolvido.

7 – No ato da inscrição, o(s) autor(es) da(s) composição(ões) autoriza(m) automaticamente a liberação dos direitos autorais, de imagem e transmissão de voz pela associação, em qualquer meio, seja ele impresso ou eletrônico, para todas as finalidades que guardem relação com a Associação Recreativa e Cultural Amigos do Garibaldis e Sacis.

DA SELEÇÃO

1 – Dentre as músicas inscritas, serão selecionadas 5 músicas finalistas através do voto de uma Comissão Julgadora.

2 – As 5 músicas selecionadas serão comunicadas, aos seus responsáveis, por telefone, e-mail, rádio de ondas curtas em caso de tempestade solar ou sinal de fumaça.

3 – O mesmo autor pode classificar até duas músicas para a etapa final do concurso, sendo uma individual e outra em parceria, ou em duas parcerias diferentes, se não, vira zona.

DA PARTICIPAÇÃO

1 – Na etapa final do Concurso, que se realizará nas atividades do Bloco Pré-Carnavalesco Garibaldis e Sacis em fevereiro de 2014, as 5 primeiras composições selecionadas serão apresentadas AO VIVO para o público e para os jurados.

2 – As Marchinhas e Zoeiras Carnavalescas finalistas podem ser interpretadas por seus autores, intérpretes escolhidos por eles ou pela banda CONTRATADA (kkkkkkkk) deste concurso.

DA PREMIAÇÃO

Em detrimento do inexistente capital de giro do bloco, este ano, os vencedores ganharão como prêmio o amor do bloco gritando e cantando a sua marchinha vencedora, primeiro, segundo e terceiro lugar. Ovacionados pela multidão os vencedores entenderão que tem coisas na vida que o dinheiro não paga.

DO JÚRI

1 – A classificação das canções ficará a cargo da Comissão Julgadora, composta por jurados reconhecidos por seu notório saber e/ou não, escolhidos pela Comissão Organizadora.

2 – Ao Presidente do Júri caberá a direção dos trabalhos de julgamento, zelando pela autonomia e cumprimento do processo de votação, cabendo-lhe ainda o voto de desempate, caso seja necessário.

3 – As decisões da Comissão de Jurados serão irrevogáveis, não cabendo recursos contra as mesmas. Choramingue o quanto quiser e vá procurar no dicionário o significado de irrevogável.

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1 – Os participantes deverão estar à disposição para gravações ou filmagens de entrevistas durante a realização deste concurso, bonitos cheirosos e gostosinhos.

2 – Os casos omissos serão resolvidos pela comissão organizadora deste concurso.

3 – Se essa porra não virar, a gente chega lá. Se virar, a comissão organizadora poderá adiar, gerar qualquer tipo de alteração e ou cancelar este concurso, como temos aprendido com os editais públicos e privados deste país.

Deixe um comentário